Vereador Paulinho assume presidência da Câmara Municipal de Taboão da Serra

0
1483
Nova mesa: Os vereadores da Câmara Municipal de Taboão da Serra elegeram no dia 04 de dezembro, nova Mesa Diretora para o biênio 2019/2020. Marcos Paulo (PPS) presidente; Carlinhos do Leme (PSDB), o vice; Érica Franquini (PSDB), 1ª Secretária e Professor Moreira (PSD), o 2º Secretário. Foto: divulgação

O Vereador Marcos Paulo, Paulinho (PPS) assumiu nesta terça-feira, 01, a presidência da Câmara Municipal de Taboão da Serra para o biênio 2019/20. Paulinho irá conduzir a Casa até as eleições municipais que acontecem em 2020.

Em entrevista para o Hoje em notícias, com dois mandatos na Câmara, Paulinho falou que fará uma administração voltada para a população. “A Casa andou muito distante do povo taboanense nos últimos anos. A proposta da nova Mesa Diretora será fazer uma aproximação com o povo e sessões interagindo com os contribuintes. Vamos agilizar as comissões com audiências públicas”, diz.

Sobre o momento político que a cidade vive, Paulinho se diz preparado para debater as ideias. “A Câmara sempre foi um local de debates e decisões político-administrativas. Aqui se faz política para a cidade. O judiciário já tem seus afazeres. E faz, com bastante competência. Não concordo com a judiciliazação da política”, garante.

Sobre o orçamento, Paulinho diz que os vereadores estão prontos para analisar a nova peça orçamentária. “O prefeito deve mandar uma nova peça orçamentária. Assim que fizer, eu quebro o recesso e convoco os vereadores para que tenhamos um orçamento que contemple a todos. Vamos fazer a coisa certa, com audiências públicas e cumprindo os prazos regimentais”, disse.

Paulinho garante que a rejeição do Orçamento Municipal não inviabiliza e nem trava as ações do governo. “A cidade não vai parar e nem entrar no caos, como foi dito. A constituição prevê que o prefeito utilize 1/12 (um doze avos) da receita, não teremos problemas até a votação do novo orçamento. Até por que, também, está na Lei de Diretrizes Orçamentária que aprovamos em junho de 2018”.

Propaganda

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*