Sem chuva, região pode entrar em estado de alerta

0
159
A previsão de chuva na região é apenas no início de agosto. Foto divulgação

Há mais de 40 dias sem registrar chuvas significativas, os municípios da região sofrem com o tempo seco. Em Taboão da Serra, Embu das Artes e Itapecerica da Serra a umidade relativa do ar pode chegar a 28%, considerada baixa.

De acordo com o Estado de S. Paulo, na terça-feira, dia 25, a estação meteorológica do CGE do Butantã, na zona oeste, próximo de Taboão da Serra, o índice chegou a 29% por um curto período de tempo.

Segundo o Climatempo, não há expectativa de chuva para o estado de São Paulo até o fim de julho. Uma forte massa de ar seco predomina sobre o Brasil e continua atuando também sobre o estado de São Paulo. Os níveis de umidade do ar baixaram mais no fim de semana e ficando abaixo dos 20% em várias localidades do estado.

Com o tempo seco e no período de baixa umidade do ar, a população deve tomar cuidados com a saúde, priorizando a hidratação do corpo e a umidificação de ambientes, para evitar a desidratação e a incidência maior de doenças respiratórias, além de dores de cabeça, irritações nos olhos, nariz, garganta e pele.

Pelos padrões da Organização Mundial da Saúde (OMS), a umidade ideal é de 60%. A entidade recomenda a decretação do estado de atenção quando os índices ficam entre 20% e 30%. Entre 12% e 20%, é recomendado o estado de alerta, e índices inferiores a 12% podem ser considerados estado de emergência sanitária.

Com informações do site Climatempo

Propaganda

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*