“Salva a saúde pelo amor de Deus”, pede munícipe na Tribuna Popular da Câmara de Taboão

0
52
 A munícipe Giselda Martins Dantas usou a Tribuna Popular para reclamar de falta de remédios
A munícipe Giselda Martins Dantas usou a Tribuna Popular para reclamar de falta de remédios

A sessão da Câmara de Taboão da Serra teve além de manifestações, pedidos desesperados de cidadãos pela melhoria na saúde pública da cidade. Três munícipes usaram a Tribuna Popular, na terça-feira, 16, para fazerem duras críticas ao governo municipal. Eles relataram a falta de médicos e remédios nas UBS´s da cidade.

O primeiro a discursar foi Admilson Marques da Silva que até elogiou os serviços do SAMU, mas reclamou que a UBS do Parque Pinheiros está sem psiquiatra há muito tempo.

Claunir Lins também falou das falhas do sistema de saúde. Ele relatou que esteve no SER – Serviço Especializado de Reabilitação e que lá flagrou rachaduras grandes, a pia do banheiro estava imunda e com uma poça de água embaixo, podendo causar acidentes. Ele finalizou dizendo que a rede social é livre e que assusta quem não trabalha.

Mas, a declaração de Giselda Martins Dantas foi uma das mais fortes. Com lágrimas nos olhos, a munícipe pediu “salva a saúde pelo amor de Deus” relatando que não consegue pegar medicamentos como polivitamínico, captopril, Adtil entre outros. “Sou tratada como um lixo quando chego no Posto do Silvio Sampaio. Estou indignada. Sai de lá chorando”, desabafou.

O presidente da Casa de Leis, Aparecido Alves (DEM) chegou a dizer na sessão que os medicamentos citados tinham no posto. Apenas isso.

Já o líder do governo, o vereador Eduardo Nóbrega (PR) disse que começa a “entender ou a duvidar da SPDM e se for obrigado vou me somar às críticas da oposição”. O vereador atacou uma das principais bandeiras da administração, que é a gestão da SPDM [organização social] nos prontos socorros (UPA Akira Tada, Antena e Infantil) de Taboão da Serra. O jornal Hoje já fez diversas matérias relatando a falta de materiais e de remédios na rede de saúde de Taboão da Serra. Mas, até agora os vereadores estão inertes.

Propaganda

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*