Prefeito inaugura mais uma creche com recurso do Governo Dilma

0
299

Alunos da escola estadual Maria Catharina Comino ficaram sem quadra esportiva durante a construção da creche, por um ano e meio

Fernando inaugura mais uma creche com recurso do governo Dilma.
Fernando inaugura mais uma creche com recurso do governo Dilma.

O prefeito de Taboão da Serra, Fernando Fernandes (PSDB), inaugurou na manhã de sábado, 23, mais uma creche que foi construída com verba do Governo Federal. A EMI Cuca, no Jd. Irapuã, região do Parque Pinheiros, irá atender cerca de 300 crianças de zero a cinco anos custou R$ 2,7 milhões e já estava engatilhada desde a gestão anterior com o recurso do Governo Federal, do programa Pró Infância, de
R$ 1,4 milhões.

Na semana passada o prefeito inaugurou a EMI Jurema, no Parque Pinheiros e também fez questão de não mencionar a parceria em seu discurso. Mesmo com a entrega das duas creches que atendem quase 600 crianças, o déficit da educação infantil é de quase duas mil vagas, segundo o secretário de Educação, João Medeiros.

Alunos do segundo ano do ensino médio da Escola Estadual Maria Catharina Comino disseram ao Jornal Hoje que foram prejudicados com obra,
pois a quadra da escola, que fica no terreno da prefeitura, foi destruída, mas os prazos de entrega não foram cumpridos, e alguns alunos vão se formar e não tiveram aulas práticas de educação física. “ A quadra já foi destruída duas vezes, reformada várias vezes, nos
entregaram por dois meses e depois destruíram novamente e ficamos quase dois anos direto sem quadra , e a escolinha que é bem mais elaborada foi entregue antes de uma simples quadra”, contou uma das alunas da escola.

Segundo prefeito, a construção da creche justifica o sacrifício dos alunos estaduais terem ficado sem quadra por quase dois anos
Segundo prefeito, a construção da creche justifica o sacrifício dos alunos estaduais terem ficado sem quadra por quase dois anos

Os alunos se mobilizaram e fizeram um abaixo assinado com 418 assinaturas, tentaram protocolar no Atende, mas não conseguiram, então se reuniram com a diretora Adriana Caproni da escola estadual e diretora Elizabete Valente da nova creche. “Entramos em um acordo e a quadra será entregue na próxima semana. Vamos esperar e cobrar”, disse a aluna, que preservaremos nome.

Para a diretora da escola, a mobilização dos jovens foi válida e a prefeitura garantiu a entrega para os alunos.

O prefeito Fernando Fernandes disse que a obra da creche era mais importante do que a quadra. “Eles tinham uma quadra muito inferior do
que a que estamos devolvendo, o piso é muito melhor, ela está coberta, não dá nem pra comparar. Outra coisa esse terreno aqui é da prefeitura, nós cedemos o terreno para o Estado. Tínhamos essa parte do terreno e um déficit na educação infantil e para isso e durante a obra não poderia ser utilizada a quadra que foi reconstruída”, respondeu.

Estrutura
A nova escola conta com seis blocos distintos todos cobertos e interligados, além de pátio coberto, anfiteatro e playground. A escola atenderá tanto em período integral, através das turmas de berçário, mini-maternal e maternal, quanto em meio período, com o maternal parcial e das turmas de Jardim I e II.

A pedagoga e professora de Artes Visuais Elizabete Valente Pestana, que trabalha na rede municipal há 20 anos, será a diretora da nova creche e espera exercer um bom trabalho. “É uma escola muito bonita que a comunidade ganhou, vamos fazer um trabalho sério aqui,
pois o importante é educar bem essas crianças”, disse.

Flávia Santana, moradora do bairro Irapuã e mãe da Rebeca Santana de um ano elogiou a estrutura, mas alertou que a diretora tem que
ficar atenta com a exposição visual das crianças. “A janela do banheiro foi feita com visão para as casas da rua, acho que isso pode expor as crianças e hoje isso é muito perigoso, mas a diretora já garantiu que será colocada cortina”, contou.

Propaganda

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*