Prefeito faltou com a verdade e contradições marcam a Audiência Pública do IPTU

0
29
Vereadores observam a explicação do secretário da Fazenda, Adelço Buhrer Junior – Foto: Leandro Barreira/ CMTS

A audiência Pública sobre o aumento do Imposto Predial e Territorial Urbano – IPTU, no jardim Saint Moritz, bairro de Taboão da Serra convocada pelo vereador André Egydio (PSDB) na manhã de segunda-feira, 26, na Câmara Municipal foi marcada por contradições, falta do secretário Rogério Balzano e ataques ao prefeito Fernando Fernandes (PSDB).
A Audiência foi chamada após a reportagem do jornal Hoje em Notícias denunciar o aumento abusivo de IPTU no bairro. Moradores do Jardim Saint Moritz, em Taboão da Serra, ficaram assustados quando receberam os carnês do Imposto de 2018 com valores absurdos. Eles também reclamaram da Taxa de Lixo.
Com a ausência do secretário Rogério Balzano, a audiência foi prejudicada, é o que diz o vereador André Egydio, presidente da Comissão de Obras. Balzano é responsável pela pasta de Obras, infraestrutura urbana e acumula a pasta de Habitação. Dessa forma não foi possível responder o questionamento dos moradores.
A convite do vereador Ronaldo Onishi (SD), o Secretário da Fazenda, Adelço Bührer Júnior compareceu e explicou os cálculos para a cobrança do imposto. Mas, não convenceu os contribuintes. Segundo o secretário, houve uma revisão na metragem das construções nos imóveis no bairro. Mas se contradiz quando a forma de verificação. No primeiro momento ele afirmou que foi de casa em casa, depois diz que houve medição por imagem aérea. O secretário se complicou quando disse que o valor o imposto é baseado no acabamento do imóvel. Ele foi duramente atacado pelos vereadores e moradores. “Isso foi pontual, cada casa tem uma medição. O IPTU se atém ao acabamento do imóvel. Tanto é quando os técnicos entram com uma série de requisitos. A gente pega todos os dados, se a parede é reboco, se é massa fina, se o piso for cerâmico ou porcelanato. Tudo isso interfere no valor do IPTU”, ensina o secretário. Indagado pelo vereador Eduardo Nóbrega (PSDB) sobre se é possível enxergar o piso por uma imagem aérea, ele respondeu negativamente.

A ausência do secretário de Obras
Após a audiência, em entrevista exclusiva, o Presidente da Comissão de Obras da Câmara André Egydio lamentou a ausência do secretário Rogério Balzano. “Fiquei triste com a ausência do secretário de Obras na audiência, seria muito importante para explicar os cálculos do imposto e a forma da coleta de lixo, já que é ele o responsável pelo serviço”, lamenta.
O vereador já marcou outra data para a nova audiência. “Vamos marcar para a próxima segunda-feira, 05, no mesmo horário e local para que o secretário possa explicar melhor”, afirma Egydio.

Propaganda

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*