Mulheres de Taboão marcham em prol da igualdade de gêneros

0
193

Do Shopping Pirajuçara até a Praça Luiz Gonzaga, mulheres marcharam com cartazes, entregando mensagens e falando sobre a luta de igualdade de gêneros e o fim da violência contra a mulher

Por Renata Gomes

Movimento de Mulheres de Taboão da Serra na primeira Marcha pela luta da igualdade de gêneros e fim da violência contra a mulher no Pirajuçara
Movimento de Mulheres de Taboão da Serra na primeira Marcha pela luta da igualdade de gêneros e fim da violência contra a mulher no Pirajuçara
O Movimento de Mulheres de Taboão da Serra e diversos segmentos da sociedade civil deixaram o Pirajuçara mais colorido na manhã de sábado, 12. Com cartazes e distribuindo filipetas com mensagens, foi realizada a primeira marcha das Mulheres de Taboão da Serra em prol da luta pela igualdade de gêneros e pelo fim da violência contra as mulheres.
O grupo caminhou do Shopping Pirajuçara até a Praça Luiz Gonzaga. Filhos, maridos e amigos também acompanharam a marcha e falaram sobre a importância de todos lutarem pelo fim da violência contra a mulher.

A doutora Maria Amélia, presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB de Taboão da Serra, que tem longo trabalho na cidade em prol da causa feminina, e estava acompanhada pelo filho e pelo marido, disse que o evento mobilizou homens e mulheres e é mais uma ação que busca o empoderamento da mulher taboanense, que precisa estar em constante luta pela igualdade de gêneros e para dar um basta contra a violência. Maria Amélia também fez questão de salientar que a marcha não teve cunho político e que vieram mulheres e homens de diversos segmentos participar do ato.
Dinha Souza também comemorou a realização da marcha que para ela foi um grande marco em Taboão da Serra que precisa lutar para ocupar mais os espaços da sociedade e também da política. “Ainda temos obstáculos que impedem a ampliação da participação feminina nos mais variados setores da sociedade.

A discriminação salarial, a sobrecarga dos afazeres domésticos e a baixa participação na política são exemplos de restrições que precisam ser superados para atingir uma maior equidade de gênero”, ressaltou Dinha acompanhada do marido Gerusael Santos Ribeiro, (Geru) que também participou da caminhada.

Propaganda

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*