Mulher permanece acorrentada na Câmara Municipal de Taboão

0
48

Após usar a Tribuna Popular durante a sessão, mulher em protesto se acorrentou e disse que só vai sair de lá depois que seu nome voltar para projeto de moradia

Joselita segue acorrentada no plenário desde o meio dia em protesto contra movimento habitacional.  Foto: Rose Santana/Portal O Taboanense
Joselita segue acorrentada no plenário desde o meio dia em protesto contra movimento habitacional.
Foto: Rose Santana/Portal O Taboanense
A munícipe Josilene Maria Rodrigues está desde às 12h desta terça-feira, 02, acorrentada no plenário da Câmara Municipal de Taboão da Serra em protesto contra movimentos habitacionais Família Feliz e Bem Viver, onde ela diz ter sido expulsa.

Josilene promete passar a noite no local e só vai se desacorrentar quando for novamente aceita pelo projeto habitacional. Segundo informações da Casa Legislativa taboanense ela não aceitou comida e está evitando tomar água para não precisar ir ao banheiro.

A presidente da Associação Família Feliz, Terezinha da Silva chegou a ir até a Câmara e tentar um acordo com a munícipe, oferecendo agendar uma reunião para discutir o caso, mas Josilene negou aceitar a proposta.

A presidência da Câmara Municipal divulgou que não fará interferência no protesto. “Ela tem direto de realizar sua manifestação, não vamos passar por cima disso. Já oferecemos água, um almoço, mas ela não quis comer”, disse o presidente Cido da Yafarma (DEM).

Propaganda

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*