Meninos da Vila de Taboão da Serra são bi-campões consecutivo da Copa Semel

0
414
Da esquerda pra direita: Em pé: Prof Rodrigo caldeira,Vitor Hugo, Vinicius moitinho, Lucas Cirino, Rychard, Pedro Caldeira, Paulão, Felipe Lemos, Daniel Sousa, Lucas Lima, Gustavo Henrique, Prof Reginaldo
Agachados: Rodrigo Nascimento, Vinicius Lança, Pedro simas, Diogo Simas, Pedro Haraguth, kaique Augusto,Cleber Rocha, Davyde Novaes, Gustavo Sousa, Gustavo Pontes, Guilherme Sandy

No sábado, 28 de outubro, no Estádio Municipal Vereador José Feres foi disputado uma das finais da Copa Semel de futebol de campo. O torneio está na 5ª edição e nos pênaltis os Meninos da Vila derrotaram o Guaciara e levaram pela segunda vez consecutiva o caneco pra casa.

“Tivemos uma primeira fase muito consistente mantendo sempre a regularidade das partidas. Perdemos apenas um jogo que foi contra a boa equipe do Leme, que no meu ponto de vista pensei que iríamos enfrentar na final”, disse Caldeira, um dos treinadores da molecada.

Foram divididas em quatro categorias as 16 escolinhas, oito delas de Taboão e oito convidadas. Os grupos foram separados em dois com oito equipes, os quatro melhores de cada chave avançavam paras as quartas de finais, semifinais e final. O torneio recebeu garotos de 6 a 17 anos, com jogos disputados no Pq. Laguna, Leme, Vila Iasi, Marabá Novo, estádio, Mituzi, Leme e Scândia e as finais marcadas para os dias 21 e 28 de outubro.

Os Meninos somam um grande número de conquistas. Ao todo, foram 4 títulos disputados em todas as categorias.
“O time teve uma boa preparação durante os treinamentos, e sempre focado no que queria, os meninos mereceram mais esse título, eles trabalharam sério e sempre respeitando as outras equipes”, completou o treinador.

A partida foi bastante disputada, os Meninos da Vila tiveram o gol de Kaique Augusto anulado e a final foi disputada nos pênaltis. O Guaciara errou duas cobranças, e estava nas mãos de Gustavo Henrique acabar com o jogo, mas desperdiçou a chance. A cobrança do título ficou com Pedro Caldeira, que bateu forte no canto esquerdo e acabou com o jogo.

“Já faz cinco anos que estamos com a escolinha do Santos FC (unidade Taboão da serra), eu joguei no Santos durante seis anos, o Professor Reginaldo jogou no Coritiba, o Professor Daniel não teve experiências em clubes profissionais mais tem mais de 15 anos exercendo a profissão”
“Para as próximas competições a expectativa são muito boas, vamos nos preparar para montarmos uma equipe competitiva”, finalizou o treinador Caldeira.

Propaganda

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*