Justiça lacra dois asilos clandestinos em Itapecerica

0
89

Em menos de 10 dias, duas casas de repousos foram lacradas. Mais de 50 idosos sofriam maus tratos

O local que funcionava como abrigo para idosos e não tinha documentação foi lacrado pela Polícia
O local que funcionava como abrigo para idosos e não tinha documentação foi lacrado pela Polícia
Na manhã dessa segunda-feira 23, a casa de repouso Rancho do Sossego, no bairro da Lagoa em Itapecerica da Serra foi interditada e lacrada. Cerca de 48 idosos moravam no asilo clandestino e sofriam maus tratos. Foram presas em flagrante e deverão responder pelo crime de maus tratos as proprietárias Adriana Marciel dos Santos e Maria Aparecida de Assis.
Os idosos faziam o pagamento de cerca de um salário mínimo para residir no abrigo. O local estava muito sujo e completamente abandonado, tinha alimentos e remédios vencidos e até alimentos desviados de merenda escolar do Governo do Estado, oferecendo riscos nocivos aos idosos.
É o segundo caso de interdição de asilo irregular na cidade, na sexta-feira 13, uma residência localizada na rua Filipinas, no Parque Paraíso, em Itapecerica da Serra também foi lacrada pelo polícia e dois idosos foram resgatados.

Força Tarefa
Em entrevista ao Jornal Hoje em notícias, o promotor de justiça Richard Gantos Encinas contou que foi criada uma força tarefa desde novembro do ano passado no município de Itapecerica devido ao grande número de denúncias de maus tratos recebidas. “Por iniciativa do Ministério Público nós criamos um grupo de trabalho que foi prontamente atendido pelos órgãos municipais.
Essa força tarefa é justamente para verificar as casas que são regulares, as casas que são irregulares, ou seja, fiscalizando e fechando as casas irregulares, nós prestigiamos aqueles que cumprem a lei e atendemos as necessidades dos idosos”, explicou.
Participam da força tarefa o Conselho do Idoso, as Assistentes Sociais, Secretaria de Inclusão, Procuradoria do Município, Técnicas das Vigilância Sanitária e quando tem necessidade Secretaria do Meio Ambiente.
A Prefeitura tem a responsabilidade primária de acolhimento dos idosos, quando eles não são localizados familiares. Esse grupo de trabalho tem gerado bastante resultado, somente nos últimos dez dias nós fechamos duas casas irregulares e clandestinas, destacou.

Propaganda

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*