Iacta Saúde: desfecho favorável

0
159

Com desfecho favorável, 250 funcionários da Iacta receberam rescisões trabalhistas

Funcionários da Iacta na Câmara Municipal de Taboão - Foto Alexandre Oliveira
Funcionários da Iacta na Câmara Municipal de Taboão – Foto Alexandre Oliveira

Os funcionários da Iacta Saúde, entidade que até o início deste ano respondia pela administração do Posto de Saúde Antena, em Taboão da Serra, puderam, enfim, contar com o recebimento da multa rescisória por tempo de serviço e o desbloqueio do FGTS. Em ato realizado na última sexta-feira (09) no Cemur, os servidores receberam suas rescisões no valor devido. A luta para se chegar a um acordo durou cerca de dois meses e contou com o apoio dos vereadores do município e dos Sindicatos dos Enfermeiros e dos profissionais da Saúde de Osasco e região.

Cerca de 250 ex-funcionários reivindicavam seus direitos com o pagamento da multa por tempo de serviço junto à Organização Social Iacta e o desbloqueio do FGTS, possibilitando assim um fôlego para buscarem por outras oportunidades de trabalho. A antiga gestora do PS Antena tinha até a data de 11 de abril para o pagamento das multas rescisórias e os salários atrasados de março, sem prejuízo aos funcionários, o que não aconteceu devido uma dívida de R$ 14 milhões que era devida pela prefeitura à empresa, valor que não foi repassado.

Organizados em categoria, os servidores exonerados pressionaram o legislativo municipal para que uma solução fosse alcançada, o que resultou em um acordo entre governo municipal e a Organização Social para que o depósito ocorresse direto na conta dos trabalhadores.  A quantia no pagamento das rescisões trabalhistas é da ordem de R$ 1,8 milhão, segundo apontaram os representantes dos sindicatos.

Apesar do pagamento parcial das dívidas trabalhistas, a multa por não honrar com a liquidação dos vencimentos aos servidores em tempo hábil, bem como dar baixa nas carteiras, não será paga tão cedo. Presentes à Câmara Municipal de Taboão da Serra, na terça-feira (07/05), os servidores exonerados foram orientados pelos vereadores que entrassem com processo contra a entidade para o pagamento da multa devida. Os servidores que lotaram o plenário da Câmara foram orientados a buscarem seus direitos por meio de processos individuais.

Críticas e descaso foram marcas de gestão

A Organização Social Iacta Saúde, que assumiu a gestão do PS Antena no governo do ex-prefeito Evilásio Farias (PSB) se envolveu em inúmeros escândalos até sua saída quando da posse do atual administrador de Taboão da Serra, Fernando Fernandes (PSDB), no dia 1º de janeiro deste ano. O contrato com a OS foi rompido no dia 28 de março e em seu lugar assumiu a Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM).

Com relatos de abandono, falta de médicos, falta de remédios, pagamentos atrasados e profissionais mal qualificados, a antiga gestora do PS Antena se viu em meio a um turbilhão de críticas e denúncias. A Organização Social ficou à frente da principal unidade de saúde do município por dois anos e oitos meses.

Na ocasião do encerramento de contrato o atual prefeito, Fernando Fernandes (PSDB), tratou de desqualificar a gestão passada como sendo ela a total responsável por um “desmonte” na pasta da Saúde no município. “Na minha campanha falava que se nós ganhássemos as eleições o grande desafio seria reconstruir a saúde de Taboão da Serra. A saúde da cidade foi desmontada”, disse Fernandes quando da rescisão do contrato com a Iacta Saúde.

O contrato que o município detinha com a Iacta Saúde foi interrompido de forma unilateral, o que abriu o caminho para que a SPDM assumisse em seu lugar no controle da gestão do PS Antena. “Ela [SPDM] já faz a gestão do Hospital Geral do Pirajuçara e do Ambulatório Médico de Especialidades no Jd. Helena. A lógica seria a SPDM também poder nos ajudar na gestão do nosso Pronto Socorro” comentou o prefeito na ocasião.

Procurado por nossa reportagem, o ex-prefeito de Taboão da Serra, Evilásio Farias (PSB) não foi encontrado para responder às críticas e ataques recebidos de seu sucessor, nem sobre as circunstâncias do contrato e da gestão da Iacta Saúde em seu governo. O Hoje em Notícias está à disposição de todos os citados nesta reportagem para alteração ou publicação de suas versões, em nossas próximas edições.

*Alexandre Oliveira, repórter do Hoje.

Propaganda

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*