GCM de São Paulo morre após assalto no Jd. Clementino

0
72

gcmO Guarda Civil Municipal (GCM) Aquiles Roberto Coutinho, da cidade de São Paulo, foi morto com três tiros, dois no peito e um na cabeça após reagir a um assalto na noite de quinta-feira, 17. O crime aconteceu no Jd. Clementino na Estrada Kizaemon Takeuti com a Rua João Antônio da Fonseca.

De acordo com relatos de testemunhas, o guarda parou no semáforo e foi abordado pelo assaltante. A vítima reagiu a ação do bandido e entrou em luta corporal com o criminoso que efetuou três disparos contra o guarda que não resistiu e morreu no local.

O criminoso fugiu com o carro da vítima que foi localizado durante a madrugada na Rua Geres, Jardim Jerivá na região do Capão Redondo, incendiado, mas nenhum suspeito foi detido. O caso foi registrado como latrocínio e segue em investigação na Delegacia Central de Taboão da Serra.

A família da vítima se manifestou em redes sociais dizendo não acreditar na reação do guarda que era experiente e trabalhava há 27 anos na área de segurança e afirmam que ele jamais cometeria uma imprudência como esta e dizem que a vítima foi executada.

Propaganda

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*