Fernando Fernandes vai fechar o PS Akira Tada

0
62

O mais antigo Pronto Socorro da cidade, o Akira Tada está com os dias contados. 

O mais antigo Pronto Socorro da cidade, o Akira Tada, vai fechar. Essa informação foi confirmada pela prefeitura. Os rumores eram grandes na Câmara Municipal e nas redes sociais. Segundo informações de Secretaria de Comunicação, Secom, o prefeito pretende após a inauguração da UPA, encerrar as atividades do pronto socorro e abrir reformas. Ainda não se sabe o que vai acontecer. Em nota, a Secom diz que “de acordo com a Secretaria de Saúde, o Pronto Socorro Akira Tada será fechado para reforma e os pacientes atendidos por ele serão transferidos para o Pronto Socorro do Shopping [UPA] onde existe uma estrutura adequada para o atendimento. Ele será fechado assim que as obras do novo Pronto Socorro forem concluídas. Após a reforma será feito um novo estudo para ver o que melhor se adequa para o atendimento no Pronto Socorro do Akira Tada”.
Com a saída do pronto socorro do Akira Tada, bairros daquela região ficarão com o atendimento prejudicado, os pacientes terão que atravessar a BR – 116 para serem atendidos na nova unidade, UPA. Nelson de Araújo, morador do Jardim Koabara, não concorda com a mudança. “O dia que a BR ficar entupida e parar, como faremos? Vai ter um helicóptero para levar o paciente até lá”, indagou. “Esse prefeito está doido, a saúde já está ruim. Fechando o

Ministro da Saúde, Alexandre Padilha virá a Taboão para inaugurar a UPA. Leia Mais...
Ministro da Saúde, Alexandre Padilha virá a Taboão para inaugurar a UPA. Leia Mais…

Akira, vai ficar pior”, disse Rafael Ribeiro, morador do Jardim América.
Fontes na secretaria e também na Câmara Municipal dão conta que o prefeito já está tirando funcionários do PS Akira. Segundo informações, existe uma proposta que o Centro Especialidades irá para aquele local. Hoje, o centro atende no Bairro do Jardim Maria Rosa.
Para a oposição, isso é inadmissível. “Como pode fechar um Pronto Socorro. O Akira é uma referência naquela região. Precisamos de mais atendimentos emergenciais e não fechar. Isso mostra que o prefeito não administra a cidade com consciência”, diz Wagner Eckstein, presidente do Partido dos Trabalhadores.
A Prefeitura anuncia que fará uma grande reforma, mas não garante data para reabertura e nem o que fará se reabre como pronto socorro ou centro de especialidades. Os principais pontos da reforma são: revisão de elétrica; revisão de hidráulica; revisão de telhado; adequações civis; troca de piso; pintura geral da unidade. O custo da reforma não foi informado e a prefeitura ainda não sabe o que vai fazer no local.

Propaganda

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*