Fernando Fernandes novamente não comparece em reunião com famílias no Solar dos Unidos

1
786

O prazo final da vigência entre a entidade e o prefeito acaba em 21 de maio e segundo o vereador Moreira (PSD), o prefeito está impondo condições políticas para a renovação. Famílias pretendem protestar

Vereador Moreira (PSD) informa durante reunião com as famílias das 175 crianças atendidas pelo Solar dos Unidos no Jardim Clementino. Foto: Renata Gomes/Hoje

Mais uma vez o prefeito Fernando Fernandes (PSDB) não compareceu na reunião realizada na noite desta quarta-feira, 09, no Solar dos Unidos do Jardim Clementino com as famílias das 175 crianças atendidas pelo programa Criança e Adolescentes.

Na última ausência, o chefe do executivo e a secretária de Assistência Social, Arlete Silva (PTB) alegaram que não compareceram porque não tiveram tempo hábil. Desta vez, segundo o vereador professor Moreira (PSD), padrinho da entidade e oposição ao atual governo, foi enfático ao dizer que o prefeito está condicionando a renovação com o Solar mediante apoio político.

Sem a esperança do prefeito renovar o convênio com a entidade, e com a aproximação do prazo de acabar o contrato, em 21 de maio, as famílias decidiram que a saída é fazer um protesto para tenta

Local onde será instalado o CRAS no Jardim Clementino ainda está em obras. FOTO: Ian de Freitas/HOJE

r reverter a situação e as crianças não ficarem sem assistência.

“O CRAS que eles falaram que ia inaugurar ainda não está pronto e a maioria das famílias não quer porque vai atender menos dias, menos horas, sem a refeição que eles hoje recebem no Solar e em espaço bem menor do que o que temos aqui”, disse Dayse Mary, voluntária do projeto, durante reunião com as famílias.

Relembrando que já conseguiram fazer o prefeito reverter o cancelamento do convênio no passado, onde organizaram um protesto na frente de um evento no Ginásio de Esportes, as famílias disseram que o jeito é o protesto.

A mãe Maíra Rocha diz ser um absurdo o prefeito não renovar o convênio com o Solar por questões políticas. FOTO: Renata Gomes/HOJE

Maíra Rocha Leite, mãe de três filhos e com um filho de 14 anos atendidos pelo Solar diz que é um absurdo, e que essa situação está deixando as mães muito preocupadas. “Meu filho mudou de atitude após vir para o Solar dos Unidos. Se fechar esse projeto vai nos prejudicar muito. Não quero meu filho na rua”, relatou.

O vereador Moreira apoiou a decisão das famílias. “Esse prefeito só conhece a linguagem do enfrentamento. Vamos brigar pelo nosso direito. O prefeito não pode fazer da prefeitura o quintal da casa dele. Vamos pra cima”, justificou.

A data e local da manifestação ainda será definida pelo grupo.

Propaganda

1 COMENTÁRIO

  1. É um absurdo o prefeito não comparecer a reunião do solar dos unidos pela segunda vez…
    Sou mãe e meu filho fica no solar dos unidos.
    Fico indignada com tal descaso do Prefeito Fernando Fernandes com nossas crianças.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*