Fernando Fernandes é obrigado pela Justiça a retirar vídeos de ataques na Internet

0
37

Para a Juíza Carolina Conti o prefeito fez propaganda política antecipada negativa e determinou que os vídeos fossem retirados do ar

Fernando Fernandes teria evitado à Justiça para postegar o vídeo. Ele sofreu uma penalidade por conta disso
Fernando Fernandes teria evitado à Justiça para postegar o vídeo. Ele sofreu uma penalidade por conta disso

O prefeito municipal de Taboão da Serra, Fernando Fernandes (PSDB) foi obrigado a retirar do ar três vídeos publicados em suas redes sociais que atacavam o ex-vereador e presidente da Cooperativa Vida Nova, José Aprígio (PSD), um dos principais pré-candidatos que disputará o cargo de prefeito com o candidato tucano.

A decisão foi da juíza Carolina Conti Reed da 416ª zona Eleitoral do TRE-SP. Para a magistrada houve propaganda eleitoral antecipada negativa, infligindo o art. 36 da lei 9.504/97.

Os vídeos publicados na rede social do prefeito Fernando Fernandes e também compartilhados pela deputada estadual Analice Fernandes (PSDB) continham ataques diretos à Aprígio e a Cooperativa Vida Nova. Na manhã desta segunda-feira, 20, os vídeos foram todos retirados das redes sociais.

Aprígio publicou em sua página no facebook que acredita na Justiça e na verdade e que nenhum ataque vai fazer ele desistir de Taboão da Serra. Aprígio afirmou na postagem que o único propósito era atacar sua honra.
O prefeito Fernando Fernandes não respondeu até o fechamento da matéria sobre o assunto.

Propaganda

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*