Fernando Fernandes admite que Parque das Hortênsias precisa de reformas

0
163

parque das hortenciasAs constantes críticas recebidas pelos visitantes e abordadas em matérias jornalísticas, como a da TV Record, na última quinta-feira (28), colocam o Parque das Hortênsias em evidência de forma negativa, e ainda chamam a atenção das autoridades pela necessidade de conservação e manutenção do local, que fica no centro de Taboão da Serra.

Devido a tanta exposição, o prefeito Fernando Fernandes concedeu entrevista a emissora e também a imprensa regional, na tarde de sexta, no próprio parque. Ele admitiu que o local precisa de reformas e adiantou que recebeu naquele mesmo dia, o relatório da vistoria feita pelo Ministério Público e Secretaria do Meio Ambiente, em 25 de novembro, e que a partir dele vai começar as reforças e mudanças estruturais que tanto o parque necessita.
“Agora a secretaria de Obras irá fazer um cronograma e programação para o início das obras e levantamento de quanto vai custar toda a reforma”, informou. Fernandes afirmou que o parque das Hortênsias é prioritário no governo e que pretende implantar o programa do Centro de Convivência do Idoso no Parque e torná-lo temático.
“É um espaço importantíssimo, área de lazer muito bonita e agradável, que não só serve para as famílias ao final de semana, como serve muito a 3ª idade no meio da semana. Por isso queremos implantar o programa do Governo do Estado, para que os idosos passem o dia todo aqui”, disse.
O prefeito salientou que os animais são alimentados com recursos da prefeitura. E, ainda pontuou que tem intenção de manter o parque aberto durante as reformas. “Isto é a secretaria de Obras que irá avaliar. Mas, acho que dá para isolar onde estão acontecendo às obras e o restante do parque funcionar normalmente”, opinou. Os valores da obra não foram divulgados.
Fernandes reconheceu que tem uma série de problemas estruturais no parque como às jaulas, grades (telas de proteção), alvenaria, bancos, playground que precisa ser reestruturado. Mas, pontuou que realizou recapeamento para a retirada de buracos das ruas existentes no parque. É possível notar a melhoria em visita ao local e completou frisando que não pretende trazer novos animais para o Parque.
De acordo com ele, a saúde tem sido a principal prioridade do governo neste momento, por ter sido encontrada, assim que assumiu a prefeitura, “sucateada”. “Tanto é que estamos investindo 32% do orçamento municipal em saúde, mais do que o dobro da obrigação constitucional que é 15%. Para que a gente possa reconstruir a saúde do município”.
O Coordenador do Parque há seis meses, Gonçalves Delfino informou que o parque recebe diariamente visitas de escolas do município e também de fora, como Osasco, Embu-Guaçu, Barueri, grupos da 3ª idadee e, somente aos finais de semana de sol, 2 a 3 mil visitas por dia.
De acordo com ele, o Parque conta com 5 mil animais, entre os destaques estão, os leões, tigres siberianos e onças pintadas. Além dos felinos, répteis, aves e animais da fauna brasileira. O local funciona em uma área de 48 mil m2.

 

Karen Santiago
Colaborou para o Hoje

Propaganda

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*