FEIRA NOTURNA: Polêmica em Taboão e sucesso na região

0
660

Para o líder do governo, os outros municípios foram irresponsáveis em aprovar a feira noturna

Por Renata Gomes

As frutas são fresquinhas na Feira Livre noturna em Itapecerica e faz muito  sucesso
As frutas são fresquinhas na Feira Livre noturna em Itapecerica e faz muito sucesso
Na sessão de terça-feira, 03, de Taboão da Serra por 10 votos contra 3, os vereadores mantiveram o veto do prefeito Fernando Fernandes (PSDB) ao projeto de Lei de autoria da vereadora Luzia Aprígio (PSB) que autorizava o Executivo a criar a Feira Noturna, com horário de funcionamento das 17 às 21h em Taboão da Serra.

Além dos argumentos que o projeto é inconstitucional por ser autorizativo, o líder do governo, Eduardo Nóbrega (PR) também falou que traria gastos para o município. “Não podemos esquecer que o Brasil passa por uma crise, culpa de um partido que está no comando da nação. As taxas pagas pelos feirantes não cobre fiscais, limpeza, isso leva a vetar nesse momento, se os outros municípios fizeram, foram irresponsáveis, mas aqui temos que seguir com consciência”, falou informando que as feiras dão um custo de R$ 900 mil para o governo municipal.

A vereadora Luzia Aprígio agradeceu os elogios feitos ao projeto e disse que não acredita que o projeto gere gastos. “São pagas taxas e a prefeitura não perde nada. A feira noturna é muito importante para nós mulheres, temos nossas obrigações e de manhã não dá. Eu creio que não é um problema, Embu tem, Itapecerica tem, eu creio que não é por causa da lei”, disse.

Em Itapecerica da Serra, em frente ao Complexo Administrativo todas as quintas, a feira noturna livre virou um grande sucesso, aprovada pelos moradores e uma ótima opção financeira para os feirantes. O sucesso foi tanto que desde terça-feira, 10, os moradores do bairro Jacira e região foram contemplados com implantação da feira noturna.
A servidora pública Eliane Arais da Silva, moradora do Jd. Sampaio disse que a criação da feira noturna foi bom para todo mundo. Acompanhada dos filhos, marido e nora, ela disse que o local virou além de comércio também lazer, pois é frequentado por amigos, familiares em forma de confraternização.

O feirante Valter Alves que vende frutas em Itapecerica disse que a implantação da feira noturna é bom pra todo mundo, pois muita gente não consegue frequentar as feiras em dias de semana e para quem vende foi uma alternativa de trabalho tão importante nesses tempos de crises.

Em São Lourenço a feira livre também é realizada nas noites de quinta-feira na Praça 10 de agosto. Em Embu das Artes, toda quarta-feira das 18h às 22h, a feira noturna funciona na Praça de Alimentação (antiga Praça da Lagoa), Av. Elias Yazbek, 1401, Centro.

Para o feirante, Jorge, a feira noturna só ajuda. “Veja a prefeitura está equivocada sobre as feiras noturnas. Para nós e para os consumidores é muito bom. Conseguimos verduras e frutas fresquinhas por conta de comprar no Ceasa durante o dia e já levar para o consumidor. Além disso, nós estamos girando dinheiro e aumentando o recurso de emprego e renda, além de facilitar a vida dos consumidores”, garante Jorge que tem uma barraca de peixes.

Propaganda

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*