Encenações da Paixão de Cristo reúnem milhares de fiéis na região

0
48

Procissões, missas e apresentações da Paixão de Cristo marcaram a Páscoa em Taboão da Serra, Embu das Artes e Itapecerica da Serra

Em Taboão da Serra, 120 atores e figurantes fizeram a apresentação dirigida por Amaral Alves. FOTO: Eduardo Toledo/Otaboanense
Em Taboão da Serra, 120 atores e figurantes fizeram a apresentação dirigida por Amaral Alves. FOTO: Eduardo Toledo/Otaboanense
Para contar a trajetória bíblica, as encenações da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo reuniram milhares de fiéis em toda a região na sexta-feira santa, 03 de abril.
Em Taboão da Serra, mais de 10 mil pessoas, acompanharam no centro a 59ª edição que apesar de público menor ao ano passado, presenteou os espectadores por quatro horas com inovações no texto, remodelação do cenário e renovação dos figurinos. No total, 120 atores e figurantes fizeram parte da apresentação dirigida por Amaral Alves. O evento é avaliado como um dos melhores do Estado de São Paulo.
O espetáculo foi dividido em três etapas, a primeira no palco em frente ao Parque das Hortênsias encenando da vida pública até a condenação de Jesus. Em seguida, em procissão nas ruas do centro, os atores retratam os passos de Cristo rumo ao calvário. Na terceira etapa, um dos pontos mais emocionantes, é encenado a crucificação e depois ressurreição no Morro do Cristo.
Monsenhor Aguinaldo de Carvalho, pároco do Santuário Santa Terezinha, comemorou a apresentação que segundo ele foi além das expectativas. “Foi um evento maravilhoso, a Paixão de Cristo a cada ano cresce na cidade e cresce a paixão interior no coração de cada um de nós, dos munícipes, de todo o povo de Taboão da Serra”, disse.
O prefeito Fernando Fernandes (PSDB) não esteve presente e foi representado pelo vice e secretário de cultura Laércio Lopes (PTB). O presidente da Câmara Cido da Yafarma (DEM), presidente da Câmara Municipal apreciou a apresentação do início ao fim e teceu elogios. “A cidade está de parabéns, é um marco em Taboão da Serra, faz parte da agenda da nossa cidade, tinha aqui muita gente, sem dúvida é um momento [páscoa] que todos param e em Taboão não é diferente, somos referência em todo o Estado de São Paulo”, declarou.

No Pirajuçara, cerca de cinco mil fiéis participaram do evento religioso
Em outro lado da cidade taboanense, a 14ª Paixão de Cristo emocionou um público aproximado de 5 mil fiéis na região do Pirajuçara, na sexta-feira, 03, na rua Carlos Fernandes, atrás do Poupatempo e depois a procissão até a avenida Fernando Fernandes . Foram quase três horas de espetáculo encenada por 93 atores e integrantes da produção. No domingo de Páscoa, 5, eles reconstituíram a ressurreição de Cristo, na rua Carlos Fernandes com a participação de mais de 500 fiéis.

Seis mil fiéis prestigiam encenação em Embu das Artes
Na cidade de Embu das Artes as principais encenações da Paixão de Cristo foram realizadas no Jardim Santo Emília, organizada pela Paróquia Todos os Antos e no Parque Pirajuçara pela Paróquia Cristo Ressuscitado.
No Santa Emília foi o 15º ano do trabalho cultural e religioso que durou quase cinco horas e levou muita emoção aos presentes. De acordo com informações da organização, aproximadamente 100 pessoas estiveram envolvidas direta ou indiretamente, e a preparação aconteceu em quatro meses de intenso trabalho em todos os finais de semana durante este período. O elenco conta com a colaboração de jovens da Paróquia Todos os Santos e de comunidades vizinhas.
No Parque Pirajuçara, foi o terceiro ano de apresentação. O palco foi montado em frente à escola municipal Valdelice Prass, com a participação de cerca de 80 atores.

6ª Paixão de Cristo em Itapecerica reúne três mil pessoas
Em Itapecerica da Serra, a encenação foi realizada na escadaria do Santuário Nossa Senhora dos Prazeres e Divina Misericórdia, no Largo da Matriz, em Itapecerica da Serra. Mais de três mil pessoas acompanharam pelo sexto ano consecutivo a Paixão de Cristo que contou com a participação de 30 atores.
A peça teve a duração de uma hora e dez minutos. Após a apresentação, a tradicional via-sacra foi realizada pelas ruas da cidade conduzidas pelo padre Alberto Gambarini iniciou a tradicional procissão pelas ruas da cidade, com a meditação das estações da Via-Sacra.

Propaganda

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*