Ecoturismo é uma das modalidades confirmadas para o 1º Simpósio de Economia Verde

0
50

O Instituto AUÁ de Empreendedorismo Socioambiental é presença confirmada para o segundo dia do 1º Simpósio de Economia Verde de Embu das Artes, que acontecerá em 05 e 09 de junho, na região central da cidade. 

Seu representante, Gabriel Menezes, está à frente do projeto Rota do Cambuci, um exemplo bem-sucedido de economia solidária que há dez anos atua na preservação da Mata Atlântica, por meio de parcerias e incentivos para a produção do fruto Cambuci, uma espécie nativa que beirou à extinção e hoje faz sucesso no cenário gastronômico. 

Atualmente, outras frutas nativas foram acrescentadas ao projeto e ganham produção para completar os sabores ofertados, como grumixama, uvaia, jussara, butiá e jerivá. As colheitas são congeladas e transformadas em produtos, como geleia, picolés, biscoitos, cachaças e, por fim, chegam ao consumidor. A iniciativa atrai também atenção de turistas, por meio da realização de eventos e festivais culinários. 

A Rota do Cambuci é um exemplo prático de como estender os benefícios da preservação ambiental para o campo financeiro, por meio da geração de riqueza para as comunidades envolvidas na produção, logística, comercialização e serviços. Segundo informações, em 2017 o Instituto AUÁ faturou 1 milhão de reais, sendo 30% provenientes da comercialização de produtos, 50% de projetos e serviços como este. 

Embu das Artes e municípios vizinhos têm forte potencial ecoturístico, onde o empreendedorismo socioambiental, como a Rota do Cambuci, pode prosperar. Sua localização privilegiada e características naturais, que a incluíram em área da Reserva da Biosfera do Cinturão Verde de São Paulo, exigem preservação por significativa colaboração nos serviços essenciais à qualidade de vida na metrópole. 

“Convidamos a toda a população para se inspirar com este exemplo maravilhoso, que mostra na prática como é possível construir uma comunidade mais justa e sustentável por meio da preservação ambiental. É preciso rever os conceitos de desenvolvimento e nos voltarmos às necessidades de todos”, comenta Rodolfo Almeida, presidente da Sociedade Ecológica Amigos de Embu (SEAE), responsável pelo simpósio.  

O evento é gratuitoPara participar, é necessário se inscrever pelo site da SEAE: www.seaembu.org. 

SERVIÇO
O QUE: 1º Simpósio de Economia Verde  

QUANDO:   
05/06, terça-feira, das 08h às 12h e das 14 às 17h, no Teatro Popular Solano Trindade 
Av. São Paulo, 176 – Jardim Silvia, Embu das Artes   
09/06, sábado, das 08h às 12hna Câmara de Vereadores de Embu das Artes:   
R. Marcelino Pinto Teixeira, 50 – Parque Industrial Ramos de Freitas, Embu das Artes  

INSCRIÇÕES E PROGRAMAÇÃO:  www.seaembu.org | 11 4781.6837  

SOBRE A SEAE 
Criada por moradores na metade da década de 70, a SEAE atua na preservação ambiental de Embu e região, para estimular e ampliar os processos de transformação socioambiental, cultural e econômica, por meio de processos educacionais participativos e inclusivos, fomentando a atuação em políticas públicas, visando a conservação, recuperação e defesa do meio ambiente. 

Propaganda

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*