Denúncias apontam tráfico e consumo de droga na Praça Luiz Gonzaga

0
35

Praticamente uma cracolândia. É dessa maneira que é chamada a parte detrás da antiga Praça Luiz Gonzaga, no Pirajuçara. As obras do Poupatempo dão a impressão de que tudo está dentro da normalidade ali, porém todas as noites, os usuários de drogas e traficantes, se reúnem no espaço e amedrontam os moradores e comerciantes. Denúncias afirmam que há até prostituição no local. Têm ainda um sofá e grande pilha de entulhos.
O consumo e a venda são feitas até em meio às crianças, já que três escolas municipais ficam bem próximo ao local. Os comércios amanhecem com um forte odor de urina e com medo de represálias e até ameaças de morte, a maioria dos comerciantes evita falar do que tanto acomete o espaço.
Sem se identificar, um dos comerciantes contou à reportagem que uma das bocas de fumo fica em frente à escola infantil Mônica. “Não sei dizer se piorou depois do início das obras, mas de um tempo pra cá está pior. O poder público tem que tomar conta logo”, disse.
Outro conta que agora com esse paredão, na praça (Rua Carlos Fernandes), nem a noite dá para sair de casa. Segundo ele, os roubos e saidinhas de banco aumentaram muito ao entorno da praça, “até durante o dia está perigoso”, ressaltou.
É unânime o pedido de presença da GCM no local, ou uma viatura parada a noite até de manhãzinha, como uma forma de inibir a chamada cracolândia. “Eles chegam a ficar aqui até o amanhecer do dia”, contou. A reportagem apurou que um jovem chegou a morrer de overdose bem próximo ao local há mais ou menos um mês. A baixa iluminação no espaço também favorece esse consumo, venda e prostituição desenfreados.

Propaganda

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*