Cats perde e se complica na Segundona; mais uma vez comando do time muda agora Nei Silva é o novo treinador

0
46

A derrota custou o cargo do treinador Tiago Oliveira; Nei Silva assume

Por Felipe Oliveira

Jogadores do São Carlos comemoram gol contra Taboão. FOTO: FUTEBOL INTERIOR
Jogadores do São Carlos comemoram gol contra Taboão. FOTO: FUTEBOL INTERIOR

Embora estivesse invicto, o Clube Atlético Taboão da Serra se complicou na tabela da fase decisiva da Segundona do Paulistão. Na manhã do último domingo, 6, atuando fora de casa, a equipe taboanense sucumbiu diante do líder São Carlos, por 2 a 0. O revés custou o cargo do até então técnico Tiago Oliveira. Em seu lugar assumirá Nei Silva. O resultado negativo deixou o Tricolor da Serra em situação delicada na tabela, com apenas 2 pontos em 3 jogos.

O jogo em si começou equilibrado. O São Carlos ficava com a bola, mas esbarrava nos próprios erros ao finalizar. Já o Cats, por sua vez, mantinha postura defensiva, buscando explorar os contra ataques. No entanto, na metade da segunda etapa, em bela cobrança de escanteio, Lucas Cezane subiu sozinho e abriu o placar para o São Carlos.

Taboão sentiu o golpe, mas buscou a reação imediata. Três minutos depois de sofrer o gol, após cruzamento da esquerda, a bola passou por toda extensão da área e ninguém do Taboão concluiu para o gol. Dez minutos mais tarde viria o castigo. Aproveitando contra ataque mortal, Alexandre Vechio ampliou. Sentindo a necessidade de mudar o jogo, o time da grande São Paulo se mandou ao ataque, mas pouco criou e a partida acabou mesmo com vitória do mandante.

O Cats volta a campo no próximo domingo, 13, às 10h, no estádio Maria Tereza Breda, para enfrentar o Olímpia-SP. Líder isolado, com 9 pontos, o São Carlos encara, também no domingo, o Jabaquara, às 10 horas, no Estádio Espanha, em Santos.

Quem é Nei Silva?

Vários treinadores já assumiram a prancheta do Cats nesta temporada. Até o momento, o trabalho a longo prazo, sempre prometido no momento da contratação, não tem sido cumprido. O primeiro deles foi o ex-lateral, com passagens marcantes por Palmeiras e Corinthians, Rogério Fidélis. Em seu lugar, chegou Luiz Muller, que, mais tarde, passaria o boné para Tiago Oliveira, demitido no dia 7 de setembro, após derrota para o líder do grupo 5, São Carlos.
Nei Silva, que, inclusive já treinou o Cats, tem bons trabalhos no currículo. Nas séries A3 e A2, respectivamente, Silva já conquistou dois acessos. Um comandando o São Carlos e, em outra oportunidade, o Penapolense — clube atualmente na Série A1 do Estadual.

O que não dá para entender é por quê o antecessor foi demitido. Tiago Oliveira tinha ótimos números e sustentava uma série invicta de 10 jogos, quebrada na última partida. Ao todo, foram 11 jogos a frente do Cats, com impressionantes 70% de aproveitamento (6 vitorias, 4 empates e 1 derrota).

Ex-técnico do próximo adversário, o Olímpia-SP, para buscar o tão sonhado acesso, o novo (velho) treinador terá mais sete jogos até o final da competição. “Nei conhece a estrutura do time, fez uma boa campanha pelo clube ano passado, quando perdeu a classificação na última rodada por um ponto”, disse o presidente do Cats Anderson Nóbrega.

Propaganda

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*