‘Câmara de Cima’ critica ‘Câmara de Baixo’ em Itapecerica

0
30

Atuais vereadores criticaram a postura de ex-vereadores e e ex-candidatos que estariam em cargos do governo municipal criando obstáculos aos atuais parlamentares

Câmara de Itapecerica da Serra - Foto A.O
Câmara de Itapecerica da Serra – Foto A.O

A Câmara de vereadores de Itapecerica da Serra passou por uma grande renovação nas eleições de 2012. Dos antigos vereadores eleitos em 2008, dez não voltaram à Casa, mas dois foram eleitos, respectivamente, Prefeito e Vice. Amarildo Gonçalves, o Chuvisco, do PMDB, que vinha de vários mandatos no Legislativo, chegou à prefeitura pela primeira vez, e a também vereadora Regina Corsini, do PSDB, saiu da Câmara para cumprir a função de vice-prefeita eleita.

Dos demais ex-vereadores, ficaram de fora do Poder Legislativo os antigos parlamentares: Clóvis Pinto (PSDB), João Miranda (PSB), José de Moraes (PSDB), José Maria Rosa (PT), derrotado na disputa pela prefeitura, José Martins (PMDB), Tupinambá Lombardi (PMDB) e Valdir Paulo (PMDB).

Ao tomar posse, o prefeito Chuvisco nomeou para cargos de confiança em seu governo vários vereadores da última e de legislaturas anteriores, além de muitos candidatos derrotados de vários partidos. Isto levou a alguns atritos nos últimos meses, surgindo a expressão “Câmara de Baixo”, que os atuais vereadores usam para designar os candidatos derrotados aproveitados no governo como assessores, num claro tom crítico às nomeações desse tipo realizadas pelo prefeito municipal.

Os vereadores não citaram nomes, mas participam do atual governo os seguintes ex-vereadores: Zé de Moraes (PSDB), atual Secretário da Administração; José Martins (PMDB), Secretário do Governo; Clóvis Pinto (PSDB), Chefe de Gabinete do Prefeito; Antonio de França (PSDB), Assistente do Gabinete; Tupinambá Lombardi, Assistente do Gabinete; além do próprio prefeito Chuvisco e da vice-prefeita Regina Corsini, ambos ex-vereadores da última legislatura.

Ataques na Sessão
Uma das provas do incômodo dos atuais vereadores com os antigos e ex-candidatos, foi o que ocorreu na sessão da Câmara realizada no dia 7 de maio, véspera do aniversário da cidade. Iniciando a provocação, o vereador Sangbon disparou nos debates: “Fui eleito, mas não mando nada; quem manda é a segunda Câmara, lá em baixo”, lamentou. O vereador Toninho Trolesi, em sua fala, emendou: “O vereador Sangbon diz que não consegue nada, mas se quiser consegue. Junta a população e leva ao gabinete do prefeito, pra ver se não consegue!”. E alertou: “Se nós formos como a antiga Câmara, vamos ser pizzaiolos, porque aqui só tinha pizza, sem resultado nenhum, e por isso não foram reeleitos”, concluiu.

No final da sessão, o vereador Cícero Costa também mostrou incômodo com os políticos nomeados para o governo. “Foi aqui citada a ‘Câmara de Baixo’ e a ‘Câmara de Cima’, mas esta aqui de cima é que tem legitimidade e compromisso com a cidade”, atacou. Para o presidente, “nosso papel é o de cobrar e fazer executar; enquanto essa Câmara não mostrar união, corremos o risco de ficar aqui 4 anos, só apontando, apontando, apontando”. Para ele, a cidade ‘aos poucos está andando’, mas “alguns lá em baixo fazem a coisa acontecer, mas outros estão só esquentando a cadeira”, num ataque indireto aos ex-vereadores e ex-candidatos que agora ocupam cargos no governo.

O presidente repudiou “o que está acontecendo” na prefeitura, afirmando que “algumas pessoas estão lá em baixo brecando as coisas, atrapalhando e fazendo campanha política; tem muitos aí só preocupados se vão receber o salário no dia 30”, denunciou.

O presidente disse ainda: “Estou de olho nessa turminha e não vou deixar passar, vou fazer valer o meu mandato de vereador”. Costa ainda elogiou os esforços do Prefeito Chuvisco, mas criticou o fato de alguns dias atrás ter corrido com o prefeito o dia todo, na cidade e em Secretarias de Estado, na Capital, “mas não vi nenhum Secretário acompanhando o prefeito, nenhum”, e concluiu dizendo que “os nomeados deveriam seguir o exemplo do prefeito Chuvisco”.

[author ]Da redação.[/author]

Propaganda

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*