Após chegada do Exército em Embu das Artes caminhoneiros deixam Régis Bittencourt

Os caminhoneiros foram alertados pela Polícia Rodoviária Federal sobre a chega de intervenção militar nos protestos

0
284
Foto: Divulgação

Depois de dez dias de protestos contra a alta do combustível, os caminhoneiros que estavam parados na rodovia Regis Bittencourt, próxima a região de Embu das Artes começaram na manhã desta quarta-feira, 30, a deixar o local.

Logo após a chegada da 12ª Brigada do Exército, incluindo veículos e helicóptero os caminhoneiros demoraram cerca de 20 minutos para deixar o local. Mais cedo, a Polícia Rodoviária Federal havia alertado aos caminhoneiros a chegada da tropa de choque e o Exército.

Manifestantes na rodovia Régis Bittencourt, próximo a Embu das Artes. Moradores da região se reuniram aos caminhoneiros – Foto: Danilo Verpa/Folhapress

De acordo com a PRF as forças armadas darão apoio aos motoristas que desejarem sair da greve. Segundo manifestantes, alguns caminhoneiros foram impedidos e até ameaçados por ações de vandalismo caso deixem a paralisação, eles ainda temem em serem parados em outros pontos na estrada.

Em nota da Polícia Rodoviária as forças armadas darão apoio aos motoristas que desejarem sair da greve, agradece o apoio e diz que de certa forma é um momento história a união das duas equipes.

Segue nota oficial:

A partir de um determinado momento da manifestação, sob orientação da Presidência da República, o Exército Brasileiro passou a apoiar a PRF na execução de escoltas de comboios nos mais diversos trechos de rodovias federais em todo o país. Este apoio é sempre bem-vindo e, de certa forma, histórico, na realização de algumas missões da Polícia Rodoviária Federal.

Propaganda

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*